Sobre o Haras

Histórico

img


Dos prazeres das cavalgadas aos desafios de criar Campolina


A história começa com o prazer de desfrutar do convívio entre amigos, em longas e aventureiras cavalgadas, rompendo serras e trilhas das Minas Gerais, montados em seus Cavalos Campolina. Este prazer pelas cavalgadas começou no Hotel Fazenda Patrimônio, de propriedade do amigo e criador Rogério Bernardi, carinhosamente conhecido como Rogerão, que assina sua tropa com o sufixo "Renardi".

Imbuídos de um espírito empreendedor e de união familiar, os irmãos Marcelo, Márcio e Juliana Vilanova Monken resolveram investir, no final do ano de 2004, na exuberante beleza e na funcionalidade do Cavalo Campolina. Neste momento, destaca-se a presença da mãe Marilda Vilanova Monken, que aderiu com grande entusiasmo à ideia do início do criatório, batizado por ela de "Campanário". Este nome teve inspiração no canto "Ave Maria", de Erotides de Campos, que sua mãe, Dona Regina, cantava com grande entusiasmo para os filhos.



Para essa empreitada, inicialmente, a família foi à procura de uma fazenda adequada para a criação e seleção do Campolina, e buscaram profissionais que pudessem assessorá-los no caminho dos melhores resultados. Nesta procura pelo profissionalismo, foi contratado, dentre outros, o médico veterinário Paulo Roberto S. Paiva, o Paulão, pessoa importantíssima em todo o processo de formação do plantel, manejo e planejamento da infra-estrutura do haras.


Para a formação do criatório, foram adquiridas importantes matrizes, além de selecionar renomados garanhões para iniciar o trabalho de transferências de embriões, dentre eles, o Campeão dos Campeões É TOP, além dos indiscutíveis O.P. de Santa Rita, Iluminado do Oratório e Desacato da Maravilha.



Outro fato importante foi a aquisição, no final do ano de 2005, com apenas 15 dias de nascido, do potro Campanário TOP, filho de É TOP e Pintura de Santa Rita.


Hoje, considerado o principal garanhão do haras, Campanário TOP vem encantando na reprodução com produtos de extrema qualidade, estrutura moderna, frente nobre e excelente andamento.


O sonho de criar o Campolina vem se solidificando. Nos anos de 2008, 2009, 2010 e 2011, consecutivamente, o haras foi o melhor expositor de Minas Gerais e, nos anos de 2010 e 2011, o melhor criador do estado, conforme ranking divulgado pela Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Campolina.


Estes resultados não seriam alcançados sem a recepção motivadora de tradicionais criadores da raça Campolina, que se transformaram em grandes amigos e, principalmente, a participação fundamental dos dedicados colaboradores que vestem a camisa do haras, formando assim a família Campanário.


Toda esta história teve seu propósito firmado em constituir uma base sólida com exemplares de qualidade superior, sem se esquecer fundamentalmente a função do Cavalo. Além da beleza e nobreza, o Campolina deve ter um andamento equilibrado e de qualidade.


Esta é uma breve história do Haras Campanário, que se orgulha de participar da raça Campolina. Vale a pena marcar uma visita. Será um prazer recebê-lo!